Morador da área rural do município de Marechal Floriano-ES, Ewerton Kuster, notou em seu sítio, uma ave de grande porte, no solo, em uma área de mata.

Ao se aproximar, notou que a ave possivelmente estivesse machucada, não conseguindo voar.

O sitiante resolveu tentar ajudar, capturando a ave e colocando-a sobre um poleiro próximo de sua residência.

A ave, embora livre, permaneceu no poleiro, não demonstrando agressividade. Ewerton passou então a alimentar a ave com pedaços de carne.

Por conhecer a atividade de Observação de Aves de um dos associados do COA-ES, estabeleceu contato,  descrevendo o ocorrido, inclusive enviando algumas fotos. Foi então que verificou-se ser um Gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannus).

A espécie é uma águia que habita florestas e tem tamanho que pode ultrapassar 70 cm e pesar mais de 1 kg. Ocorre em praticamente todo território brasileiro, mas a população dessa espécie sofre com a fragmentação das áreas de florestas.

Após alguns dias alimentando a ave Ewerton se surpreendeu ao vê-la alçar voo do poleiro em direção ao solo, próximo ao local em que descansava em uma rede. A surpresa aumentou quando percebeu o que estava acontecendo.

O Gavião-pega-macaco estava caçando uma serpente!

Ainda houve tempo para filmar esse espetáculo com um celular. Veja o vídeo a seguir. O ataque foi certeiro e para felicidade de todos esse comportamento mostrava que a ave já estava com a saúde recuperada. E foi justamente nesse mesmo dia que o “hospede selvagem” voou de volta para seu ambiente natural.

O registro dessa cena é impressionante!

Também impressiona o comportamento dócil que o animal teve enquanto estava debilitado. É muito gratificante saber que apesar de tudo a ave se recuperou e que pôde retornar ao seu ambiente.

Embora esse relato tenha um final feliz, lembramos que ao encontrar um animal silvestre machucado, ligue imediatamente para o Centro de Controle de Zoonoses de sua cidade. Caso não encontre o número ou não tenha condições de procurá-lo, principalmente em áreas remotas sem acesso à internet de qualidade, ligue para o 190 e contate a Polícia Militar Ambiental.

Você também pode procurar ajuda nos Centros de Triagem de Animais Silvestres mais próximos da sua região. 

CETAS – ESPÍRITO SANTO (ES)

Rua Dourados, Bairro Barcelona, Cep: 29.166-085 – Serra/ES
Tel: (27) 3241-8374

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.